III Encontro da TeMA

O III Encontro da Associação Brasileira de Teoria e Análise Musical (TeMA) será realizado nos dias 3 a 5 de outubro, em João Pessoa, em parceria com o Centro de Comunicação, Turismo e Artes da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O evento ocorre no Departamento de Música, localizado no Campus Universitário I.

Com o tema “Música Brasileira: Perspectivas Teóricas e Analíticas”, o Encontro reunirá músicos pesquisadores e educadores nos campos das teorias composicional e analítica, estudantes de graduação e pós-graduação, com a finalidade de promover discussões temáticas atuais que possam estimular a integração do desenvolvimento das teorias musicais no país.

A programação (anexa) inclui conferências, debates temáticos, grupo de trabalho, comunicações orais e concertos, contando com pesquisadores convidados e inscritos de grande projeção na área de teoria e análise musical, representando 13 instituições de ensino superior brasileiras, dentre Universidades e Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia.

Duas conferências serão realizadas: o compositor Jorge Antunes, da UnB falará sobre “Intuição e Análise ou Analisando análises ou Quem procura, acha”; e o professor Marcos Vinício Nogueira, da UFRJ, sobre “Dimensões da produção imaginativa musical: movimentos, formas e intenções”.

O Encontro também propiciará debates sobre “O Futuro da Teoria da Música na educação formal” e as “Interdisciplinaridades nos processos criativos da Música”.

Ademais, 14 trabalhos teórico-analíticos estão inscritos para apresentações orais, os quais deverão proporcionar uma avaliação do estado atual da produção de conhecimentos em teoria e análise musical nas instituições de ensino e pesquisa brasileiras”, afirma Ilza Nogueira, presidente da TeMA. As modalidades em que se agrupam essas apresentações independentes são correspondem a diferentes perspectivas teórico-analíticas: sistemáticas, interdisciplinares, cognitivas, culturais e tecnológicas.

Em termos de representatividade regional, o evento inclui participantes de todas as regiões geográficas, cuja maioria, naturalmente, é da Região Nordeste. Dentre os 51 participantes, um representa uma instituição estrangeira: o Centro de Pesquisas Informáticas e Criação Musical da Universidade de Paris 8 (França)

Segundo a organização do evento, alunos e professores da UFPB terão livre trânsito em todas as atividades do Encontro sem necessidade de inscrição. No entanto, os interessados em receber o o certificado de participação e material impresso devem estar inscritos e ter, no mínimo, 75% de presenças registradas.

Integralmente dedicada à música brasileira, a programação artística é aberta ao público e realiza-se na Sala de Concertos Radegundis Feitosa da UFPB. Consta de pequenos recitais dando início à programação da tarde (“Momentos musicais”, realizados às 13:45h.), e concertos encerrando  a programação diária (realizados às 19:00h ou 20:00h).

O Encontro conta com apoio financeiro da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), sendo apoiado pela Academia Brasileira de Música e pela UFPB.

Prêmio TeMA 2018 concede Menção Honrosa

O trabalho intitulado “Os Contrastes Sonoros em ‘Contrastes‘ de Marisa Rezende”, da doutoranda Bibiana Bragagnolo (UFPB), foi o único destaque do Prêmio TeMA 2018. O Juri, composto pelos professores Carole Gubernikof, Fernando Iazzetta, Maria Lucia Pascoal, Paulo Costa Lima e Ricardo Tacuchian, concedeu ao mencionado ensaio a Menção Honrosa do certame, onde não houve atribuição do Prêmio da Academia Brasileira de Música. O ensaio analítico faz parte de uma pesquisa  em andamento dentro do Doutorado em Musicologia realizado na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), sob orientação do Prof. Dr. Didier Guigue. “O objetivo principal desta pesquisa de Doutorado é desenvolver e aplicar uma metodologia de análise da sonoridade em peças para piano, onde as decisões interpretativas sejam incluídas lado a lado aos dados advindos da partitura como elementos essenciais para o entendimento da sonoridade nas peças selecionadas”, explica Bibiana. Parabenizamos a autora e seu orientador, aguardando a oportunidade de ouvir a apresentação do trabalho durante o III Encontro da TeMA (3  5 de outubro, João Pessoa – PB).

                        Bibiana Bragagnolo


    

III Encontro da TeMA

Visando especialmente a jovens pesquisadores, o III Encontro da TeMA, realizar-se-á nos dias 3 a 5 de outubro de 2018, em João Pessoa-PB, sob os auspícios da Universidade Federal da Paraíba. Concentrando-se no tema “Música Brasileira: Perspectivas Teóricas e Analíticas”, o evento reunirá pesquisadores de diversas instituições brasileiras para uma programação de conferências, debates, comunicações de trabalhos e concertos. O período de submissão de trabalhos se estende de 23/04/2018 a 14/07/2018. Detalhes sobre a programação e a inscrição encontram-se na página dos “Eventos” da Associação, neste site. O III Encontro também incluirá a cerimônia de premiação do I Prêmio TeMA de Teoria e Análise Musical (categoria Jovem Pesquisador), cujo resultado será divulgado no site da TeMA (página do Prêmio) em 4 de gosto.

Prêmio TeMA 2018

Para marcar o quinto ano de atividades da TeMA, a associação lança em 2018  o I Prêmio TeMA de Teoria e Análise Musical, na categoria Jovem Pesquisador, direcionada a pesquisadores individuais entre 18 e 35 anos. Poderão concorrer autores brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil há, no mínimo, dois anos, com trabalhos inéditos relacionados ao tema “Música brasileira: perspectivas teóricas e analíticas”. Outorgar-se-á um prêmio único e indivisível da Academia Brasileira de Música, que consistirá do valor de R$500,00 (quinhentos reais), além de passagem aérea e hospedagem para assistir à cerimônia de premiação concedidas pela TeMA, e publicação eletrônica do trabalho premiado pela Editora TeMA. A cerimônia de premiação ocorrerá durante o III Encontro da TeMA (João Pessoa, 3 a 5 de outubro de 2018), a realizar-se sob os auspícios do Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal da Paraíba. As inscrições estarão abertas de 5 de março a 15 de abril de 2018 no site da TeMA, página do Prêmio (www.tema.mus.br/premio/).

Documentos pertinentes:

Prêmio Tema 2018-Edital

Prêmio TeMA 2018-Regulamento

Prêmio TeMA2018-Instruções para Autores

 

 

Lançamento: TeMA Informativo Ano 2 N.º 1

TeMA Informativo Ano 2 n.º 1 (jan. 2018) teve a satisfação de receber o compositor e musicólogo Celso Loureiro Chaves em sua “sala de visitas virtual”, concedendo-nos uma interessante entrevista. Nela, o compositor gaúcho reflete sobre diversos assuntos, tais como: reflexos da sua formação em arquitetura na sua obra musical, influências de seus mestres em sua carreira docente e composicional, a problemática da pesquisa e da formação superior em Música na atualidade, o métier do compositor, e a sua pesquisa sobre crítica genética em Música. Da sua entrevista, destacamos algumas frases que nos tocam profundamente: “Ainda se fala muito pouco do Brasil e da música brasileira nos nossos textos acadêmicos e na nossa representação em encontros internacionais.  […] é o Brasil que faz falta aos nossos estudos acadêmicos, às nossas pesquisas, aos nossos repertórios.” Além da entrevista, outras notícias de interesse teórico (releases de livros e artigos) se encontram nas seções “Da Teoria”e “Da Análise”.  Atividades dos associados da TeMA, notícias sobre eventos nacionais e internacionais se encontram na seção “Em Destaque”.  O link ao acesso do volume se encontra na página inicial deste site.

Lançamento: TeMA Informativo Ano 1 N.º 3

O TeMA Informativo  Ano 1 N.º 3 (setembro de 2017) teve a honra de receber o compositor Ricardo Tacuchian em sua “sala de visitas virtual”, concedendo-nos uma interessante entrevista. Nela, Tacuchian reflete sobre a importância da teoria musical e da musicologia para sua carreira e a concepção de seu “SistemaT”, além de abordar questões mais amplas relacionadas ao pensar e fazer musical: o posicionamento de estudos teórico-analíticos frente ao pluralismo estético musical atual, a questão polêmica do “valor da obra de arte”, e as diversas relações de oposição e interseção entre o processo criativo e a pesquisa científica.  Além da entrevista, outras notícias de interesse teórico (releases de livros e artigos) se encontram nas seções “Da Teoria”e “Da Análise”.  Atividades dos associados da TeMA, notícias sobre eventos nacionais e internacionais se encontram na seção “Em Destaque”.  O acesso ao volume se encontra em: http://tema.mus.br/publicacoes/tema-informativo/. 

NOVO LANÇAMENTO DA TeMA

Acaba de sair do forno criativo da EDUFBA o novo livro da TeMA, “Teoria e Análise Musical em Perspectiva Didática”(Série Congressos da TeMA, vol. II), contendo uma seleção de ensaios teóricos e analíticos derivados do II Congresso da TeMA (Florianópolis,  3 a 6 de maio de 2017). Estabelecendo um diálogo entre as teorias composicionais e analíticas da música e a educação musical, os autores discutem questões metodológicas importantes do ensino teórico da Música, ao lado de outros assuntos de interesses dos Grupos de Estudo da TeMA: narratividade musical,  vocabulário teórico-analítico em língua portuguesa e a produção acadêmica em teoria e análise musical no Brasil.

 O volume poderá ser adquirido mediante solicitação aos editores – Ilza Nogueira (nogueira.ilza@gmail.com) e Guilherme S. de Barros (guisauer@gmail.com) – pelo valor de R$70,00 (frete incluso).