Encontro 2015 da TeMA

Encontro 2015 - Cartaz

A TeMA – Associação Brasileira de Teoria e Análise Musical anuncia aos seus associados e à ampla comunidade acadêmica da Música a realização do seu “Encontro 2015”, nos dias 23 e 24 de outubro, no Centro Universitário Maria Antônia da USP (Rua Maria Antônia, 294 – Vila Buarque, São Paulo – SP).

Centrado no tema “O Ensino da Teoria e Análise Musical no Brasil”, o Encontro constará de 3 amplos debates sobre questões didático-pedagógicas relacionadas às disciplinas teóricas da Música, quais sejam:

23/10/2015 (sexta-feira)

   15:30h – 18:00hTeoria da Música no ensino de graduação

Coordenação: Maria Lúcia Pascoal

–   Teoria da Música nos Bacharelados

–   Teoria da Música nas Licenciaturas

–    Licenciatura em Teoria da música

24/10/2015 (sábado)

   09:30h – 12:00Teoria da Música no ensino de pós-graduação

Coordenação: Carlos de Lemos Almada

–   Teoria da Música na pós-graduação acadêmica

–   Teoria da Música na pós-graduação profissional

–   Teoria da Música como área de concentração

   15:30h – 18:00hLiteratura didática em Teoria da Música

Coordenação: Paulo de Tarso Salles

–  Obras traduzidas: reflexões críticas e sugestões

–   Obras originais: reflexões críticas e sugestões

–   Mercado editorial

Concebido como um evento aberto, pretende-se que as mesas de debates integrem não somente convidados mas, principalmente, aqueles que, espontaneamente, queiram expor experiências e reflexões significativas. Nesse sentido, estaremos recebendo solicitações de adesão aos três debates do congresso até o próximo dia 30 de setembro. Dirigindo-se à Coordenação científica do Encontro (diretoria@tema.mus.br), solicitantes deverão incluir os seguintes dados: Nome, titulação, instituição, título do debate, breve sumário da exposição.

Considerando a necessidade de escutarmos a comunidade acadêmica para planejarmos ações voltadas à pedagogia da Teoria e Análise musical, estimulamos a participação de todos os que vêm refletindo sobre o tema e possam contribuir com sugestões pertinentes à atualidade, ao nosso sistema educacional e à nossa cultura musical.

Lançamento da Série Congressos da TeMA

É com grande satisfação que apresentamos aos nossos associados e aos estudiosos da Música o primeiro volume da Série Congressos da TeMA, uma publicação bienal contendo ensaios selecionados dos congressos da associação. O volume contém 17 textos apresentados nas conferências e mesas-redondas do I Congresso, realizado em Salvador, em novembro de 2014. Acácio Piedade, Carole Gubernikoff, Cristina Gerling, Fernando Cerqueira, Lawrence Kramer, Liduíno Pitombeira, Manuel Veiga Marcílio Onofre, Marcos Vinício Nogueira, Michael Klein, Norton Dudeque, Paulo Costa Lima, Paulo de Tarso Salles e Rodolfo Coelho de Souza assinam os ensaios que se dirigem a cinco tópicos: Análise Musical na Contemporaneidade; Teorias do Compor: a contemporaneidade brasileira; Análise Musical como Discurso Crítico; Vocabulário Teórico-Analítico e sua Problemática; e Expectativas para a Teoria da Música na Atualidade. A edição eletrônica encontra-se disponibilizada neste site (v. Publicações). A edição impressa, com lançamento previsto para o “Encontro 2015 da TeMA” (23-24/10/2015), será distribuída aos autores, associados e instituições de ensino musical (a pedido: diretoria@tema.mus.br).

I Congresso da TeMA

Realizou-se em Salvador, no período de 9 a 12 de novembro de 2014, o congresso inaugural da TeMA. Patrocinado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), pela Fundação CAPES e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB), sendo significativamente apoiado pela Associação OCA de compositores baianos e pelo Laboratório COMPOMUS da UFPB, o evento realizou-se na Escola de Música da UFBA. Participaram 50 congressistas, representando 15 instituições de ensino superior. O tema geral do congresso – “O Pensamento Musical Criativo: Teoria, Análise e os Desafios Interpretativos da Atualidade” – foi desenvolvido em quatro mesas temáticas e dois fóruns temáticos, quando discutiu-se, principalmente: “Processos e resultados composicionais no Brasil contemporâneo – concatenações e ressonâncias”; “A crítica como alicerce do pensamento analítico – perspectivas hermenêuticas, cognitivas, sistemáticas e históricas”; “Pensamento e linguagem — a dimensão cultural na criação e trânsito de conceitos”; “A pós-graduação em composição no Brasil — vocações, legados e perspectivas”. Criaram-se três grupos de estudo, cujos temas, visando ao suprimento de carências identificadas na produção brasileira e à sua compatibilização com o atual desenvolvimento internacional em teoria e análise musical, conduzirão o programa editorial da TeMA em sua primeira fase administrativa: “Trajetória da produção teórico-analítica no Brasil”, “Vocabulário teórico-analítico em língua portuguesa”, e “Procedimentos narratológicos do discurso musical”. A Assembleia Geral, reunindo 30 associados fundadores, aprovou o Estatuto Social da TeMA e elegeu sua primeira diretoria para o biênio 2015-2016.